Você já tentou auriculoterapia?

A fitoterapia pode ser considerada como a terapia natural mais antiga. É usada, instintivamente pelos animais, é sabido que quando algum animal sente algum desconforto abdominal procuram algumas graminhas, ervas etc. É um uso instintivo das propriedades curativas da planta. Assim, o homem também a usa desde os primórdios, seja através de chás, emplasto, cataplasmas, sumos e outros.




Como funciona?


Com o passar dos anos o conhecimento fitoterápico se mistura aos saberes populares, aos raizeiros, benzedeiras e algumas pessoas chegam a crer na sua ineficácia. Inclusive associando o uso dos chás, banhos, cataplasma e outros com alguma forma de crendice popular.

Atualmente podemos comprovar cientificamente a eficácia ou não de inúmeras plantas medicinais. Claro que esta pesquisa não abrange todas as plantas medicinais existente no planeta. A EMBRAPA, apesar de inúmeras pesquisas sobre propriedades medicinais das plantas ainda não conseguiu estudar todas as espécies da Amazônia, imaginem todas as espécies brasileiras.


E há algum risco no uso da fitoterapia?


As plantas medicinais possuem principios ativos que são usados nos fitoterápicos e inclusive como matéria prima para alguns medicamentos alopáticos. Possuem alguns efeitos colaterais, algumas possuem toxicidade, estas devem ser usadas com parcimônia respeitando as doses terapêuticas, outras não podem interagir com medicamentos alopáticos ou entre si.

O uso das plantas medicinais de forma indiscriminada pode ser perigoso sim, lembramos que existem plantas venenosas. Por isso vale lembrar da fitoterapia racional, respeitando os saberes populares e também as pesquisas científicas, propõe uma abordagem integrada, onde todos os saberes são preservados.

Em suas variadas formas, seja em chá, tinturas, extratos glicólicos, cápsulas, xaropes, garrafadas percebemos a contribuição da fitoterapia para uma saúde melhor. Afinal todos conhecemos um chazinho que alivia a dor de garganta, uma plantinha que auxilia na má digestão. Fazemos uso da fitoterapia diariamente e as vezes não nos damos conta! Você sabia que o uso do alecrim está sendo difundido como ótimo para o aprendizado, para a memória e para prevenir algumas doenças do sistema nervoso? E sabe porque seu uso auxilia nesses casos? Por que o alecrim, é ótimo para a circulação sanguínea, ele melhora o fluxo sanguíneo, fazendo com que o sangue flua melhor, levando assim mais oxigênio para os neurônios.


Quer experimentar os benefícios da fitoterapia? No Icani o atendimento em fitoterapia é realizado por terapeuta naturopata! Agende já o seu horário! Vamos difundir o uso racional da fitoterapia.


Clique abaixo diretamente no botão de agendamento para e agende seu horário. Agendamentos feitos pelo site tem desconto.




0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo